Fico muito preocupada com o hábito que vamos adquirindo e que vai gerando desconexão profunda com nossas raízes femininas. Principalmente, os hábitos que vão virando rotina pela manhã. Quando eu percebi que estava completamente desconectada da minha essência, voltada muito para o exterior e deixando de lado minhas próprias necessidades tomei algumas medidas drásticas. O meu quarto, ao longo dos anos, foi-se tornando meu santuário. Lá é onde eu entro para me reconectar com o sagrado. Lá está tudo que eu preciso para me ajudar a voltar para casa e para lembrar-me das minhas raízes e da Deusa. Sendo assim, já faz quase uma vida toda que não tenho televisão e nem computador por lá. Só aparelho de som para ouvir músicas que me elevam. Porém, o celular está sempre lá, porque é me despertador, mas fica no modo Avião. Assim, não fica emitindo àquelas ondas que perturbam a minha mente e prejudicam meu campo energético. Só que estando lá, eu também estava suscetível à acessá-lo logo que acordava ou logo depois de terminar minhas práticas matinas…ou checar algumas coisas antes de dormir. Como percebi que isso me perturbava, decidi parar com isso. Porque, já dedico o meu dia todo aos outros e os tempos que passo comigo mesmo são muito preciosos.

Especialmente, logo que acordamos. É muito importante para nós mulheres honrarmos esses momentos. Afinal, ficamos condicionadas a sempre estarmos disponíveis aos outros e abrimos mão do nosso tempo pelo outro. Então, cada segundo, cada precioso minuto conta! Por isso, aconselho que assim que perceber que acordou, já sintonize-se com a Mãe Divina, com a Deusa, com a expressão essencial do feminino. Eu gosto muito de repetir mentalmente afirmações e mantras, aqueles que preciso para me sintonizar naquele dia. Por quê? Porque seus primeiros pensamentos e sentimentos são aqueles que irão definir o tom ou a sintonia do seu dia. Imagina, se você mal abre os olhos e já liga a televisão e enche sua mente e emoções com aquelas notícias nada maravilhosas, não? Caímos muito em vibração. Deixamos entrar as ondas do medo, da raiva, da luta pela sobrevivência etc. Isso, porque mal acordamos de fato. Ou seja, é mais visceral essa influência. Porque é quando estamos mais abertas e mais frágeis. Por isso, o cuidado deve ser redobrado! Você nem precisa abrir os olhos para fazer isso. Percebeu que acordou, já começa a repetir mentalmente afirmações, orações, mantras, tudo que vier! Imagens, visualizações, sons. É a hora da definição. É a hora mais importante. É o momento de acordar e para o quê você quer acordar? É ali que definimos! O que eu coloco de intenção é o meu desejo. É o que manifesto e expresso no meu exterior. Primeiro eu me fortaleço, me conecto e me lembro das virtudes e qualidades mais elevadas. Só então, estou preparada para o mundo.

Prática:

Visualize-se sendo coberta pelo manto de proteção da Mãe Divina.
Um azul profundo e brilhante como o céu, repleto de estrelas, que são todas as sementes da sua potencialidade divina.
Coloque em cada estrela uma bela intenção.
Afirmando: Eu sou Amor. Eu sou Forte. Eu estou Plena. E siga, colocando estrela por estrela ao seu redor.

Assim que terminei meu trabalho interno, vou movimentando o corpo e dando bom-dia para este corpo, para esta vida, para o mundo. Se for possível para você, separe alguns minutos de 5 – 30 minutos, para sentar-se na sua cama ou a frente de um altar, e medite. Você pode escolher apenas ficar em silêncio, cultivando a presença e atenção plena, ou trabalhar com a energia de alguma deusa. Se estamos restabelecendo nossa conexão com o Feminino Universal, seria interessante começar a se identificar mais vezes com as Deusas, ou seja, com as Mil Faces e Nomes deste Feminino. Você pode escolher uma Deusa específica para trabalhar por vários dias ou semanas continuamente ou deixar-se sentir qual você precisa naquele dia. Eu sempre ofereço diversas Meditações no Divino Feminino que você pode utilizar, assim como Orações e Invocações, porém, você também pode deixar vir espontaneamente o que você precisa. Apenas, abrindo o canal para a Mãe Divina e a Deusa falar com você através do silêncio que oferece a Ela. Chamo esse segundo momento de Oferta. Onde coloco-me à disposição da Deusa, para que assim, Ela possa agir mais através de mim. Como a Oração de Francisco de Assis, faça de mim um instrumento. Coloque todo seu desejo de que a Deusa esteja em você, habitando em você, assentando-se no altar do seu coração. Guiando seus passos. Protegendo-te. Apoiando seus caminhos. Orientando suas ações. Iluminando seus pensamentos. Sendo a trama e o coração das suas relações. Abra-se para a Deusa. Marque esse encontro diário com Ela. Momentos em que você apenas diz: Estou aqui. Você pode vir estar comigo também!? É uma oferta e um convite. Você precisa convidá-la.

Meditação Matinal:

Sente-se e leve a consciência ao seu ventre. Sinta-o e apenas respire através do ventre. Sinta que através da vagina, das suas pernas e pés, descem raízes bem profundas na Terra, ancorando sua presença na Terra, neste Dia, neste momento. Sinta suas raízes chegando ao coração e ventre da Terra. Sinta-se protegida. Amparada. Sustentada pela Mãe. Ofereça seu agradecimento por tudo que a Terra te oferece e também honre suas estações que são como a sua. Então, suba com uma energia dourada-açafrão através dessas raízes, como nutrindo-se da seiva da Terra, e traga para dentro de si, energia, vitalidade, saúde e disposição. Suba então com a consciência até seu coração e respire bem profundo dentro de si. Visualizando seu coração como uma grande caverna. Acenda uma luz dentro desta caverna – que é a representação do útero primordial da Deusa – e peça para que a Deusa venha habitar no altar do seu coração. Para que ela ilumine seus sentimentos e relações, que abençoe seu ventre e seu caminhar na Terra e guie seus pensamentos e ações, para que tudo venha para seu Bem Mais Elevado e que você pode ser um canal para a Deusa na Terra. Visualize então, que essa luz se torna uma linda flor que desabrocha e sinta o aroma da presença da Deusa dentro de você. Suba um pouco mais com essa conexão e visualize o topo da sua cabeça, abrindo-se como uma lótus de mil pétalas. Do alto, visualize a Lua Cheia e o Sol, em perfeita comunhão. Inspire, puxando a energia desses dois luminares, e sinta que a energia impregna sua aura e seu corpo, dentro, fora e por todos os lados. Honre e receba, a inteligência por de trás de toda a criação, e a sabedoria dos mistérios dos ciclos da natureza feminina. Repita mentalmente:

Eu recebo a Deusa em Mim.
Eu honro cada novo recomeço, e a manifestação da Donzela em minha vida.
Eu honro cada relação estabelecida a partir dos corações que se unem, e a manifestação da Mãe em minha vida.
Eu honro minha sexualidade, sensualidade, fertilidade e poder criativo, e a manifestação da Deusa Primitiva e Selvagem em minha vida.
Eu honro minha intuição, conexão com o mundo espiritual e compaixão irada, e a manifestação da Feiticeira em minha vida.
Eu honro minha sabedoria, minhas experiências, minha ancestralidade feminina e minha trajetória heróica, e a manifestação da Anciã em minha vida.

Então, sinta um raio de luz, multicolor, que une o acima e passa pelo topo da sua cabeça, terceiro olho, garganta, coração, plexo solar, ventre e raiz, e desce até a Terra, te conectando com o Mundo Abaixo. E peça:

Mãe Divina,
Deusa,
Faça de mim um instrumento para que se faça hoje a restauração da deusa na terra
e a cura de todas as mulheres, a começar por mim.
Que eu e você,
Mãe Divina,
nos tornemos uma Só
Um só amor

Sinta as asas da Mãe Divina, da Deusa te abraçando e te recebendo com muito amor, compaixão e serenidade. Fique um pouco apenas sendo acolhida e este é seu momento para apenas usufruir da sua presença.

Depois, você está pronta para ir se cuidar. Seus cuidados matinais, sempre que possível de forma natural, orgânica e respeitosa. Quando nos cuidamos dessas maneiras, internamente e externamente, estamos nos nutrindo, das mais diversas formas. Estamos atendendo nossas necessidades das mais básicas as mais profundas. Então, trate bem do seu corpo que é seu templo. Cuide bem das suas emoções, com empatia e amor. Orai e Vigiai seus pensamentos. Observe melhor as suas ações. Alimente e nutra seu corpo e alma. É assim que você iniciará um dia com mais integridade, mais conexão e disposição. Primeiro eu me dou tudo que preciso. Para depois, poder compartilhar com os demais aquilo que eles precisam. É uma troca. Quando sentir que já não tenho mais o que dar e nem de onde tirar, eu paro e volto-me para meu ritual, que pode ser feito sempre que precisar. De manhã é apenas uma forma de criar rotina e de virar um hábito positivo e saudável, como todo o resto.

Falaremos muito mais sobre isso.
Blessed Be!

Copyright © Todos os direitos reservados.

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por LEI.

Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This