Quando falamos de Lua Cheia, estamos falando dos arquétipos da Amante, da Mãe e da Rainha. Estamos também falando do encontro da Lua (feminino) com o Sol (masculino).
 
Precisamos observar as escolhas da nossa amante. Porque se for para o lado sombrio do peixes, o fará de forma indiscriminada, carente e autodestrutiva. Porém, se for na luz, irá discriminar por profundo autoamor, autovalor e capacidade de um encontro de almas, êxtase e transcendência. A questão aqui é: você está escolhendo por você ou estão escolhendo por você?
 
Precisamos observar as escolhas da nossa mãe. Porque se for para o lado sombrio do peixes será a mãe que não sabe onde ela começa e o outro termina, manipuladora e dependente. Porém, se for na luz, será aquela que saberá despertar o que há de único, especial e mágico no outro, além de ensinar os truques de como fazer seus sonhos alçar vôos e atravessar reinos e planos. A questão aqui é saber: que seus sonhos não podem ser sonhados e vividos pelos outros, porque tem seus próprios sonhos!
 
Precisamos observar as escolhas da nossa rainha. Porque se for para o lado sombrio do peixes será a rainha que escolhe de forma indiscriminada seu rei, apenas para não ficar sozinha ou porque quer ser salva. Porém, se for na luz, será a rainha que cria um reino mágico, que está em posse dos seus dons e guiada pela sua intuição, despertará neste rei, o melhor rei que há nele, sem precisar dele. A questão aqui é: não entregar o seu reinado e o que é de sua responsabilidade para outro cuidar. É hora de ser responsável e crescer. Não dá para ser princesa para sempre!
 
Boa lunação para todas!!!
Do meu coração pisciano para o seu 😍
 
* Estes textos fazem parte do meu trabalho de expansão das energias femininas que regem nossos ciclos. A forma mais disseminada e conhecida segue, mais ou menos, o seguinte padrão:
– Lua Crescente – Primavera – Donzela
– Lua Cheia – Verão – Mãe
– Lua Minguante – Outono – Feiticeira
– Lua Nova – Inverno – Anciã
Porém, faz parte dos meus estudos e trabalho desmembrar os 4 arquétipos principais do ciclo em uma triplicidade. Em breve, esta pesquisa será formatado em um curso avançado sobre os estudos da Mulher Cíclica e os arquétipos femininos que regem o nosso ciclo.

Imagem: JAMILA
_________________________________
Copyright © Todos os direitos reservados.
ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por Lei.
Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This