Dentro de nós há uma mãe com um infinito amor para nos oferecer. Ela é como a Mãe Maria que desce seu manto azul profundo sobre nós, nos traz bem próxima ao seu peito e nos abraça tão apertado quanto for necessário para fazer passar a nossa dor. Todo amor próprio que nos falta, ela tem de sobra para nos dar. Ela é uma fonte de infinito amor, porque todo amor é criação Dela, vem Dela e flui a partir Dela.

Dentro de nós há uma mãe compreensiva, que nos ouve com uma atenção tão plena e tão pura, que ela sustenta a nossa abertura, sustenta e eleva a nossa voz e faz com que nossa fala seja curativa e nossa história seja honrada, sem julgamentos, sem agenda, sem retrucar, sem opinar. Apenas deixando a fala fluir, os sentimentos serem honrados e reconhecidos, a verdade pessoal ser dita e a mulher que há por trás de tudo ser vista.

Dentro de nós há uma mãe que é capaz de nos acolher e ter uma compaixão sem fim. Ela é a parte que vem cuidar das dores e sanar as feridas, vem atender nossos pedidos, vem ouvir nossos choros, vem preencher o vazio e solidão, vem remendar todas as separações, perdas, lutos e vem nos restaurar quando estamos cansadas e sobrecarregadas de deveres da vida. Ela é a pura compaixão, porque a compaixão foi criada e manifestou-se a partir Dela. Ela não saber ser diferente.

Dentro de nós há uma mãe que é capaz de nos nutrir, de nos elevar, de nos tornar plenas, de ofertar amor e também de ofertar palavras fortes que educam, que nos colocam no nosso lugar e que também sabe quando nos empurrar do ninho, para começar a voar com nossas próprias asas. Dentro de nós a essa mãe, que nos ensina a sermos mães de nós mesmas, a nos acalentar, a sussurrar palavras gentis e de conforto, de ofertar seu colo, de compartilhar com a gente sua força e resistência, de dizer sim, quando o mundo nos diz não, de nos abraçar, de estar ao nosso lado e nunca nos abandonar. É essa mãe dentro de nós, que resgata nossa menina, e restaura a vida à nossa criança interior. E juntas, tornam-se invencíveis. Porque quando o ventre encontra a semente – a mulher consegue dar à luz a si mesma e ao mundo todo.

No Módulo 3 do Curso Online, Programa A Mulher Cíclica, iremos investigar em profundidade a fase da mulher do Verão, da Ovulação, da Lua Cheia, e que contêm as forças do feminina da Mãe, da Amante e da Rainha.

Se você deseja também ser acolhida pela mãe, venha juntar-se a esse círculo online: http://devishala.com.br/cursos/

Imagem: Rangrez
_________________________________
Copyright © Todos os direitos reservados.
ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por Lei.
Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This