Há uma linda donzela dentro de nós – forte, vigorosa, determinada, segura e corajosa. Ela está sempre pronta para explorar o mundo, a si mesma e as outras mulheres. Ela tem energia suficiente e vontade para ir atrás de tudo que ela quer – conhecer, explorar e conquistar. Ela não tem medo. Ela não duvida de si. Ela sabe exatamente quais passos seguir para seguir a risca o plano traçado para alcançar o que mais almeja em sua vida.

Dentro de cada donzela, há o entusiasmo, a curiosidade e a flexibilidade da menina. Que vê o mundo de forma colorida e viva, e está sempre disponível para a vida. Porém, essa menina está muito distante dos seus amados contos de fadas, porque o patriarcado a colocou em uma torre…muito muito alta…escondida, aprisionada…sem forças, porque teve seus lindos cabelos cortados. Cabelos que eram sua força. Penteados, embelezados e trançados por todas as mulheres da sua linhagem. Cada mulher, deixou um saber, um conhecimento e um conto precioso como uma pérola que adornava seus cabelos e depositava nele a força das suas ancestrais femininas.

Com a nossa menina, ferida, abandonada e esquecida, veio à tona a nossa guerreira – a amazona em nós. Mulher de fibra. Mulher que sabe se defender. Mulher que construiu em torno de si uma forte armadura para sobreviver no mundo dos homens. Mas, tendo que fazer isso, acabou se afastando também das mulheres – e perdeu-se a irmandade que sustentava o mundo, e as suas raízes foram cortadas e as mulheres ameaçadas de extinção.

Porém, a donzela nunca deixa de existir. Porque ela é a semente dourada, o pulso de vida, o início que advêm todos os fins. Ela é a parte que perdura para todo o sempre. Com a esperança da menina, com a racionalidade da donzela e com a tenacidade da guerreira. Juntas, planejam sua fuga. Juntas, montam as estratégias necessárias para liberar a menina da sua prisão e devolvê-la a seu mundo de sonhos. Pois o feminino precisa voltar a sonhar e aspirar por um mundo melhor, mais belo, amoroso e respeitoso para as mulheres. A donzela, quer devolver as mulheres a sua vida para que viva com mais parceria e não sobrecarregada com todas as cargas do mundo, para um mundo mais justo, mais humanitário e igualitário. A guerreira, quer devolver às mulheres, a irmandade, a confiança e restaurar os laços que as ligavam profundamente com os ciclos da terra e da lua, e assim também com os ciclos femininos.

Juntas, elas formam uma equipe incrível de resgate do feminino. Que nos ajudam a explorar de volta à nossa própria natureza e a NOS LEMBRAR QUEM SOMOS E DE ONDE VIEMOS. Através da Donzela fazemos nossa jornada heróica de volta para casa. Ela é nossa guia e ela te chama para vir para essa aventura todos os meses, a cada 28 dias, quando volta a sua fase crescente, quando a primavera se instaura na Terra ou logo após a sua menstruação.

A donzela, a menina e a guerreira estão sempre lá a nossa disposição. Você quer conhecê-las e convidar suas amigas, mães, irmãs, tias, filhas, avós para esse passeio?!

Então, vem…que vai ser a VIAGEM DA SUA VIDA!

Exploraremos a Donzela, nosso Poder Pessoal, Iniciativas, Desejos e Aprendizados Femininos, no Módulo 2 do Curso Online – Programa A Mulher Cíclica, que começa agora dia 21.07.

Imagem: Rachel Christine Nowicki
_________________________________
Copyright © Todos os direitos reservados.
ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por Lei.
Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This