A restauração do Divino Feminino no mundo é um processo que começa dentro do corpo de toda mulher. Um reencontro com aquilo que pulsa dentro de cada ventre e coração. A reconexão do elo mais sagrado, estabelecendo nossa sagrada presença naquela que nos criou, daquela que todas nós somos feitas. A restauração do Divino Feminino, pede que voltemos nossa vida para compreender que somos filhas da Mãe, que somos parte de uma irmandade de mulheres, de fêmeas, de ciclos lunares e estações de transformação. Somos uma só relação, incumbidas de guardar os mistérios mais sagrados de toda a humanidade. Pois em nós habita a sabedoria da morte e da vida, da criação e da destruição, da sexualidade e fertilidade, da liderança sábia frente a toda uma nação. O Divino Feminino nos chama. A Mãe que aninha suas filhas embaixo de suas asas, que as ajuda a lembrar quem são, a viver de forma mais segura e respeitosa. O Divino Feminino sempre esteve presente em todas as épocas em cada povo e em todos os lugares. Ela é conhecida por muitos nomes e por nenhum. Ela é aquela que sempre esteve presente, mesmo quando, riscaram seu nome da história, destruíram seus templos e imagens e queimaram suas filhas e sacerdotisas. Ela nunca deixou de existir, porque Ela é a própria criação. Sendo assim, somos nós que precisamos lembrar dos seus nomes, suas formas e levantar novos templos sagrados para velar-mos pelo Seu fogo no Altar dos nossos Templos que são nossos corpos e almas sedentas da sua presença!

A restauração do Divino Feminino é emergencial em um mundo que só destrói e violenta àquelas que são as guardiãs da vida. Enquanto o mundo e as pessoas estiverem escassas de uma parte vital de si, tudo estará cada dia mais perdido. A única salvação agora, é lembrar a verdade das nossas criações. Lembrar que a vida começa e termina em um ventre sagrado e que é o Divino Feminino quem carrega o potencial único de dar a vida, criar e manifestar. Que juntas manifestemos a luz mais radiante que ilumina as sombras e que despertas as pérolas sagradas da mais pura essência divina que nas sombras se arrasta. Que ilumina também a própria luz. Porque a luz verdadeira ilumina absolutamente tudo com a verdade incontestável e inabalável. Que a Mãe Divina volte a habitar em seus corações, faça-se presente em suas orações, permeie cada pensamento e guie suas ações. Que a Mãe Divina tenha a chance mais uma vez de voltar e restaurar este mundo em cura e verdadeira paz.

Que assim seja! Que oremos juntas uma vez mais:

“Mãe Divina e eu somos uma.
Somos uma perante toda a criação.
Pois Dela eu vim e para Ela voltarei.
Em uma só carne e em uma só pulsação.

Mãe Divina e eu somos uma.
Feita do Seu amor eu sou.
Protegida de toda dor estou.
Mantida e guardada pela teu manto
Defendida de todo o perigo pelas tuas asas impenetráveis de puro amor.

Mãe Divina e eu somos uma.
Ornada com Sua coroa de estrelas.
Sustentada pelo seu corpo em divinas montanhas
Carregada pelas suas mãos, para sempre amparada.

Mãe Divina e eu somos uma.
Envolva-me em Sua chuva de prata.
Lava minha mente, visão, fala, coração e ventre.
Ficando meus pés firmes em Tua criação.
Terra minha que és Tu em todas as partes por todas as relações.

Mãe Divina e eu somos uma.
Atendo Teu chamado.
Ouço sempre Tua voz.
Em Sua presença para todo sempre estou.
para que minha vida seja um reflexo
da Tua força, Sabedoria e Magia.
Em bom uso pelo Bem-mais-Elevado
Em nome das Tua Filhas

Mãe Divina e eu somos uma.
Restaure o Divino Feminino Em mim.
Que meu corpo seja Teu corpo
E que eu viva Tua sabedoria em mim.

Mãe Divina e eu somos uma.
Um só ciclo.
Uma só natureza.
Uma só pulsação.
Femininas da carne até o ossos que me sustentam.
Eu e Ela somos uma
e assim é perante a unidade.”

imagem:  Joy McMahon

Copyright © Todos os direitos reservados.

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por LEI.

Para usar este texto entre em contato com a autora.

Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This