Eu não consigo simplesmente ficar neutra e não me abalar com tudo que acontece com as mulheres ao redor do mundo, perto ou longe. Porque eu sinto em mim. Porque não me sinto separada dela. Porque a empatia faz parte da minha natureza pisciana. Assim, como sei que na realidade, faz parte de todas as mulheres e da natureza do ser humano. Mas, como estamos cada dia mais distantes e dissociados da nossa natureza ou alma, fica mais difícil ver isso no mundo. Além de todos os casos de violência contra as mulheres, o que me abala muito é ver mulheres ofendendo outras mulheres com seus diálogos. Criando uma teia de dúvida, de descredibilidade e de apoio ao masculino misógino no mundo que com seu feminino ferido submete as mulheres a tudo aquilo que fere profundamente seu ser.

Porém, hoje, eu chamo pelas almas femininas do mundo. Eu chamo por todas as mulheres para que se juntem a mim. Para que lembremos que em essência divina não somos assim. Que quando estamos curadas e na luz, nós damos as mãos, nós reconhecemos a dor da outra, nós ouvimos suas histórias e reconhecemos a verdade nela. nós apoiamos, nós abraçamos, nós dizemos palavras de amor e acima de tudo, nós nos colocamos ao lado dela.

Eu chamo você hoje, para estar ao meu lado em roda. Para criar comigo um círculo de cura. Um círculo ao redor da Mãe Divina e presidido por Ela, pela Grande Deusa. Para que Ela possa atuar através de nós. Para que Ela faça aquilo que não estamos conseguindo fazer, enquanto estamos separadas e dissociadas da essência Divina Feminina. Para que Ela venha e ouça meu pedido de socorro, porque não dá mais. Não dá mais para seguir assim. Simplesmente não dá. Então, chamo você para se juntar a mim, por ela, mas também por você e por todas nós. Porque nós somos ela e ela somos nós. E quando isso for verdadeiramente entendido, nós mulheres nunca mais deixaremos outra cair sem nossa mão para ampará-la. Nós nunca mais deixaremos de nos encontrar nas Tendas Vermelhas da vida, porque nós saberemos que lá é um refúgio para nós mulheres e que todas as nossas dores acontecem porque viramos as costas para nossas irmãs. Porque esquecemos que ela também somos nós, porque esqueceram de nós mesmas tantas outras vezes.

Hoje, eu chamo pela Mãe Divina para interceder por nós. Por favor, Mãe, ouça meu chamado! Nós, suas filhas, chamamos por você. Por favor, venha nos ajudar. Venha nos ajudar. Venha nos ajudar…

O convite é para que façamos essa meditação durante todo o mês de junho sempre às 22h. Você pode fazer individualmente ou em grupo. Sozinha ou com as mulheres da sua convivência. Que essa meditação possa chegar a mais mulheres e que possa reverberar por todo o Brasil. Peço que aproveitemos a energia do dia 01/06 que estará voltada para manifestações ao redor do país, para às 22h, sintonizar-se nessa energia da Mãe Divina, para que ela atue além dos nossos Egos. Essa meditação é para ser feita sempre que você desejar, precisar e sentir que deve. Ela é por você. Ela é por ela. Mas, ela é por todas nós.

SOMOS TODAS ELA E ELA SOMOS NÓS

por Ana Paula Malagueta

Copyright © Todos os direitos reservados.

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por LEI.

Para usar este texto entre em contato com a autora.

Pin It on Pinterest

Share This